Geoparks
| Inscrição na Newsletter

Cultura

Peças de Artesanato

Outrora o artesanato era uma actividade corrente que complementava o modo de vida das populações rurais da região. Hoje serve para preservar a memória deste povo, para manter viva a sua riqueza cultural e para perpetuar o engenho de alguns mestres. No Geopark Naturtejo estão ainda bem vivas muitas das tradições da região, materializadas em produções artesanais características, diversificadas e de grande beleza.

 
 

Artesanato

Fruto de antigas estratégias de aproveitamento dos magros recursos disponíveis, os trabalhos executados em trapos e farrapos estão ainda hoje acessíveis sob a forma de rodilhas, mantas de ourelos (Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão) e de marafonas, bonecas sem rosto com vestuário tradicional (Monsanto).

No outro extremo, encontram-se as sofisticadas rendas e bordados, produzidas por toda a região: o elaborado e valioso bordado de Castelo Branco, que conjuga fio de seda sobre pano de linho; os alinhavados, as frioleiras e as rendas de bilros de Nisa; os bordados e as rendas de Vila Velha de Ródão e Idanha-a-Nova e os linhos de Oleiros, ainda hoje feitos em teares tradicionais.

- Rodilhas e mantas de ourelos | Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão
- Marafonas | Monsanto
- Bordados em fio de seda sobre pano de linho | Castelo Branco;
- Alinhavados, frioleiras e rendas de bilros | Nisa;
- Bordados e rendas | Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Penamacor e Idanha-a-Nova
- Linhos | Oleiros
- Trabalhos em ferro forjado | Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão
- Trabalhos em madeira | Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Nisa
- Trabalhos em cortiça | Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor e Nisa
- Trabalhos em barro | Idanha-a-Nova e Nisa
- Adufe | Idanha-a-Nova e Penamacor
- Alambiques e Cântaros em cobre | Oleiros
- Teares do Estreito | Oleiros
- Vassouras artesanais ! Penamacor


Artesãos

Aproveitando os recursos existentes na região, os artesãos ainda hoje produzem peças decorativas e de utilidade doméstica nos mais variados materiais: em ferro forjado (Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão), em madeira (Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Nisa), em cortiça (Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor e Nisa), e em barro (Idanha-a-Nova e Nisa). Verdadeiro símbolo da identidade regional e um dos mais característicos instrumentos de percussão do nosso país, o adufe continua a ser fabricado nos concelhos de Idanha-a-Nova e Penamacor e ainda hoje mantém alguma vitalidade e projecção, uma vez que continua a ser tocado pelas adufeiras que enchem o Geopark Naturtejo de sons de uma envolvência única e irrepetível.



Calendário de Eventos

No Geopark Naturtejo há eventos culturais, desportivos, históricos… que fazem parte da programação anual e no seu todo constituem uma intensa agenda cultural na região.

Nota: A programação pode ser sujeita a alteração.


Janeiro

 

Feira da Caça e Gastronomia (17 e 18) | Monfortinho, Idanha-a-Nova

Ainda agora aqui cheguei - Produtos locais, Provas Gastronómicas, Janeiras (24 e 25) | Aranhas, Panamacor

Janeiras por todo o território do Geopark


 

Fevereiro

 

Festival do Azeite e Fumeiro (14 e 15) | Proença-a-Velha, Idanha-a-Nova

Desfile de Carnaval por todo o Geopark Naturtejo

Os Quintais nas Praças do Pinhal  (8) | Proença-a-Nova


  Março

Programa da Semana Santa por todo o Geopark Naturtejo

Agenda Mistérios da Páscoa em Idanha
2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009

Feira dos Enchidos de Alpalhão (21) | Alpalhão, Nisa

Páscoa Judaica e Cristã | Medelim

Feira do Pão e do Vinho (21 e 22) | Salgueiro do Campo

Feira do Queijo (28 e 29) | Alcais, Castelo Branco

Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho (28 e 29) | Oleiros

Os Quintais nas Praças do Pinhal  (8) | Oleiros
 

Abril




Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho (4 e 5) | Oleiros

Festival dos Espargos, Criadilhas e Tortulhos (28 e 29) | Alcafozes, Idanha-a-Nova

Maio

 

Festival da Cereja (23 e 24) | Montes da Senhora, Proença-Nova

Festival do Queijo de Tolosa (2) | Tolosa, Nisa

Festival das Sopas (3) | Mosteiro, Oleiros

Festa da Divina Santa Cruz (2 e 3)  | Monsanto, Idanha-a-Nova

Festival das Sopas (9 e 10) | Proença-a-Velha, Idanha-a-Nova 

Festival do Badana (30) | Rosmaninhal, Idanha-a-Nova

Feira de Sarzedas (23 e 24) | Sarzedas, Castelo Branco

Festival das Flores (23 e 24) | Aldeia de Santa Margarida, Idanha-a-Nova

 

 

Junho

Feira dos Sabores do Tejo (26 a 28) | Vila Velha de Ródão

Festas de São João | Idanha-a-Nova

Festas de São João (23 e 24) | Rosmaninhal, Idanha-a-Nova

Festa das Migas | Segura, Idanha-a-Nova

Festival do Desporto de Natureza (13 e 14) | Zebreira, Idanha-a-Nova

Festival Gastronómico "Sabores do rio" (12 a 14) | Santana, Nisa

Feira Sabores do Borrego ( 6 e 7) | Escalos de Baixo, Castelo Branco

Dias Templários de Castelo Branco ( 11 a 14 )| Castelo Branco

Sabores de Perdição | Castelo Branco

Feira de Gastronomia (19 a 21) | S. Vicente da Beira, Castelo Branco



 

Julho

Feira Terras do Lince | Penamacor 

Festival da Melancia | Ladoeiro, Idanha-a-Nova

Festival Salva a Terra (2-5) | Salvaterra do Extremo, Idanha-a-Nova

Feira Raiana | Idanha-a-Nova

Festival da Tigelada (25) | Proença-a-Nova

Os Quintais nas Praças do Pinhal  (12) | Proença-a-Nova

Bienal do Azeite | Castelo Branco

Feira da Tigelada e do Arroz Doce (25 e 26) | Cebolais/Retaxo, Castelo Bracno

Feira do Foral (10 a 11) | Póvoa de Rio de Moinhos

 

 

Agosto


Feira do Pinhal | Oleiros 

Os Quintais nas Praças do Pinhal  (9) | Oleiros

Nisa em Festa | Nisa

Feira Delícias do Campo (28 a 30) | Sobral do Campo

Jornadas Templárias (11-13) | Penha Garcia, Idanha-a-Nova

Setembro

Festa do Outuno (26 e 27) | Sobreira Formosa, Proença-a-Nova

Festival das Sopas de Peixe (12 e 13) | Vila Velha de Ródão

Feira da Bica de Azeite (26 e 27) | Monforte da Beira, Castelo Branco
 

Outubro

Mostra Gastronónica do Medronho e da Castanha (31) | Oleiros

Feira do Feijão Frade (2 a 4) | Lardosa, Castelo Branco

Casqueiro, Festival do pão, bolos e tradições (10 e 11) | Idanha-a-Velha, Idanha-a-Nova
 

Novembro

Mostra Gastronónica do Medronho e da Castanha (31) | Oleiros

Feira da Azeitona, azeite e produtos regionais (31 de Out - 1 de Nov.) | Malpica do Tejo, Castelo Branco

Festival de Vinhos e Licores
 (14 e 15) | S. Miguel d'Acha, Idanha-a-Nova


 

Dezembro

Feira de Natal e da Filhó  (19 e 20) | Proença-a-Nova

Os Quintais nas Praças do Pinhal  (8) | Proença-a-Nova

Feira das Sopas (5 e 6) | Escalos de Cima, Castelo Branco

Músicas e Tradições de Natal (19 e 20) | Oledo, Idanha-a-Nova

Mercado de Natal por todo o Geopark Naturtejo

Penamacor Vila Madeiro | Penamacor


 

Religião

No Geopark Naturtejo as manifestações religiosas são uma tradição incontornável e de enorme riqueza. São rituais povoados por ecos e gestos de outrora que servem para renovar as profundas e ancestrais raízes deste povo.

Ao longo dos tempos, o sagrado aprendeu a conviver com o profano, dando corpo e alma às festas mais emblemáticas desta região. Por estas terras, a fé celebra-se no recolhimento da Semana Santa, no murmúrio ritmado das rezas nas festas religiosas, no convívio colorido das romarias e nas manifestações de extrema devoção pelos padroeiros.

Depois do ecoar dos sinos que convida à meditação e à oração, ouve-se sempre o rufar dos tambores que conduz à festa e à exteriorização. Afinal, estes rituais são a evocação da vida. E o que é a vida senão uma mescla de emoções.

 
 

Semana Santa

Com as suas manifestações imbuídas da solenidade que caracteriza a Paixão de Cristo, o Ciclo Pascal afigura-se como uma das mais marcantes épocas de celebração. Envoltos na noite escura e reunindo ao formulário cristão as sobrevivências de práticas mais antigas, os cânticos da Quaresma evocam as almas dos fiéis defuntos, gesto simultaneamente penitencial e propiciatório, que visa a intercessão protectora daqueles que já partiram deste mundo e estão, por isso, mais próximos da esfera do Divino - de que são exemplo as Encomendações das Almas. Algumas destas manifestações assumem formas muito peculiares, de que são exemplo as ladainhas dos homens e das mulheres (Aldeia de João Pires, Penamacor).

À aproximação da Semana Santa corresponde um intensificar das vivências rituais; após os Domingos de Passos e de Ramos, que marcam o seu início, o período que vai da Quinta-Feira Santa ao Domingo de Páscoa congrega, de um modo geral, o maior número de manifestações religiosas desta quadra, entre as quais se destacam: os Lava-Pés (Segura) e a Procissão dos Fogaréus (Oleiros) na Quinta-Feira Santa; o Enterro do Senhor (Idanha-a-Nova, Penamacor e Oleiros) na Sexta-Feira Santa; o Sábado de Aleluia (Idanha-a-Nova) e as solenidades do Domingo de Páscoa, comuns a toda a região.

Festas e Romarias

Rituais seculares que se repetem todos os anos, as festas e romarias associam muitas vezes práticas antigas a reinterpretações actuais. Fruto da combinação entre a devoção do povo e tradições profanas, estas festas populares integram um folclore cativante que vale a pena conhecer.

As datas consagradas à adoração dos santos tornam-se ocasiões privilegiadas para a renovação dos laços comunitários e para o convívio efusivo que faz esquecer as mortificações do trabalho e as rotinas do quotidiano. Cada um trata das suas preces: uns pedem auxílio divino para os seus problemas, outros agradecem as benesses concedidas e muitos renovam as suas promessas.


Festas

- Festa de S. Tiago (Oleiros) | Quarto Domingo de Agosto
- Festas dos Santos Populares (Oleiros) | Dias 13, 24 e 29 de Junho
- Festa das Cruzes ou de N. Sra. do Castelo (Monsanto - Idanha-a-Nova) | Dia 3 de Maio ou no fim-de-semana mais próximo
- Festa da Sra. da Azenha (Penha Garcia e Monsanto - Idanha-a-Nova)
- Bodo de Salvaterra do Extremo (Idanha-a-Nova) | Segunda-Feira de Páscoa
- Bodo de Monfortinho (Idanha-a-Nova) | Onze dias depois da Páscoa
- Festa de S. Sebastião (Escalos de Baixo - Castelo Branco) | Dia da N. Sra. da Santíssima Trindade
- Festa de N. Sra. da Assunção (Proença-a-Nova) | Dia 15 de Agosto
- Festa de Sto. António (Proença-a-Nova) | Mês de Junho
- Festa de N. Sra. da Alagada (Vila Velha de Ródão) | Quarto fim-de-semana de Agosto

Os festeiros, pessoas que fazem parte da comissão organizadora do evento, tratam de tudo com zelo e empenham-se em tornar a festa ou romaria um verdadeiro sucesso. Reza-se, canta-se, dança-se e vive-se intensamente. Os sabores e saberes tradicionais e os sons de outrora e de hoje envolvem por completo todos os presentes e fazem-nos sentir mais perto de Deus.


Romarias

- Romaria de N. Sra. do Almortão (Idanha-a-Nova) | Terceira Segunda-Feira depois da Páscoa
- Romaria de N. Sra. de Mércules (Castelo Branco) | Terceira Terça-Feira depois da Páscoa
- Romaria de N. Sra. dos Altos Céus (Lousa - Castelo Branco) | Terceiro Domingo de Maio
- Romaria de N. Sra. da Orada (São Vicente da Beira - Castelo Branco) | Quarto Domingo de Maio
- Romaria de N. Sra. da Graça (Nisa) | Segunda-Feira de Páscoa
- Romaria de N. Sra. dos Prazeres (Nisa) | Segunda-Feira de Pascoela
- Romaria de N. Sra. da Saúde (Rabaça - Oleiros) | Segundo Domingo depois da Páscoa
- Romaria de Sta. Margarida (Oleiros) | Dia 20 de Julho
- Romaria de N. Sra. dos Remédios (Vila Velha de Ródão) | Dias 7 e 8 de Setembro
- Romaria de N. Sra. do Incenso (Penamacor) | Segunda-Feira de Páscoa.
- Romaria de Sra. do Bom Sucesso (Penamacor) | Segundo Domingo depois da Páscoa.
- Romaria de N. Sra. da Quebrada (Benquerença - Penamacor) | Sexto Domingo depois da Páscoa.
 - Romaria de N. Sra. da Póvoa (Vale da Senhora da Póvoa.- Penamacor) | Segunda Feira do Espírito Santo (50 dias após a da Páscoa)
 




Espaços para Congressos

No Geopark Naturtejo estão disponíveis diversos espaços especificamente concebidos para a organização de eventos, devidamente equipados e complementados com os equipamentos culturais e de lazer necessários.

Quer se trate de um acontecimento profissional ou social, de uma simples reunião ou de uma ocasião mais sumptuosa, no Geopark Naturtejo as empresas encontram o local ideal para realizar os seus eventos e prosseguirem o sucesso da sua actividade empresarial.

 


« Voltar

Geopark Naturtejo

Geopark Naturtejo © 2017 Todos os direitos reservados


Créditos Fotográficos:
Pedro Martins
Banco de Imagens do Geopark Naturtejo

Desenvolvido por citricweb.pt